Templo de Salomão IURD - A construção!

Salomão ou Shlomô que vem de Shalom, que significa "paz", foi o 3º Rei de Israel que viveu por 40 anos antes de Cristo e  é considerado  dentro da tradição judaico-cristã, como o homem mais sábio que já viveu até então. Aliado à sua sabedoria, riqueza em abundancia e reinado sem guerras.

Mas não é essa a história a ser contada aqui. É quase. Tem a ver.

Em seu reinado Salomão fez grandes construções, entre elas o novo Palácio Real para o Sumo Sacerdote, o Palácio da Filha de Faraó, a Casa de Cedro do Líbano o Pórtico das Colunas  e o Templo de Jerusalem, conhecido como Templo de Salomão.

Vamos mostrar como foi a construção da réplica de seu Templo. Vejamos então suas particularidades do desafio de construir esse Templo com base em citações biblicas.
1. A CONSTRUTORA: Engiurd (Engenharia da Igreja Universal do Reino de Deus)
2. O LOCAL: Avenida Celso Garcia, Bairro Brás, São Paulo-SP.
3. ESTRUTURA: Terreno de 28mil metros quadrados, com 74mil m² de área construída, 28m³ de concreto, 2mil toneladas de aço. São 56m de altura, 7metros para baixo, subsolos com 1.200 vagas de estacionamento, escolas bíblicas com capacidade para comportar cerca 1.300 crianças, 1 memorial, estúdios de tevê e rádio, auditório, hospedagem com 60 apartamentos para os pastores

3.1 ESTRUTURAS SECUNDÁRIAS: Ar condicionado, sistema com 4 motores de geração de energia própria para apoio em horário de pico e em caso de interrupção, Sistema central de aquecimento da água, com reaproveitamento do calor extraído pelos equipamentos de ar condicionado, Elevadores, Sistema de segurança equipado com circuito fechado de TV. 

4. PRAZO DA OBRA: Inicio: 10 de agosto de 2010. Término: 10 de julho de 2014.

5. ORÇAMENTO
R$ 680.000.000,00 (seiscentos e oitenta milhões de reais). 

6. A OBRA
Quem vê seu tamanho, não imagina o quanto o Templo de Salomão possui em detalhes. Suas particularidades foram um desafio por 4 anos aos mais de 1000 trabalhadores dessa obra considerada se não a, uma das maiores já feitas.  

6.1 PLANEJAMENTO
O planejamento de forma simplificada define os objetivos e a estratégia para alcançá-los.
Neste cenário, a logística possui um papel fundamental, pois define, implementa e controla os processos. Ela pode ser entendida como a grande provedora de recursos materiais, financeiros e pessoais, a compra e entrega de materiais, o armazenamento, o transporte e a distribuição dos produtos e dos equipamentos.


6.2 FUNDAÇÃO 
(clique nas imagens para amplia-las)
As frentes de trabalho são diversas, entre elas: execução de mureta guia, parede diafragma, demolições e escavações manuais e mecânicas.
Já as escavações foram planejadas em três níveis: o primeiro nos permite executar a parede diafragma (etapa bem avançada e quase concluída); o segundo possibilitará a execução dos tirantes (etapa iniciada); e o terceiro nos permitirá chegar à cota desejada, onde será executado o segundo subsolo do empreendimento.

São essas as peças estruturais que se “encaixam” sobre o topo das estacas.


Foram quase 300 blocos (suportando seus respectivos pilares) em toda a obra, cujos volumes variaram entre 5 e 25 metros cúbicos (m³) de concreto, passando de um total de 3000 m³ de concreto lançado nos blocos.
E mesmo com as chuvas acarretando uma pequena redução na produção, não atrasou o cronograma da obra. 

6.3 EDIFICAÇÃO
6.3.1 Pré-moldados
 
Após vencer uma das etapas mais difíceis da obra, em que concluíram as escavações, demolições e contenções, trabalhando em uma época de chuva intensa, pode-se, finalmente, chegar à chamada fase II da obra de edificação do Templo de Salomão. 29 de abril de 2012.
Serão centenas de estacas de quase 25 metros (m) de profundidade. Para isso, milhares de medições topográficas de alta precisão foram feitas para verificar a posição de cada estaca. Para se ter uma idéia, uma medida horizontal de 150 m não apresenta diferença maior que 1,5 centímetros (ou seja, um erro menor que 0,01%).

Imagens da fabricação dos pilares pré-moldados
Entre as vantagens do pré-moldado, está a diminuição de mão de obra de montagem de formas e armação no canteiro, padronização de peças, resultando em uma melhor coloração e acabamento das superfícies no canteiro (no caso de concreto aparente), agilidade na montagem da estrutura e disponibilização imediata das peças aos esforços de serviço e utilização e Mais limpeza e desobstrução do canteiro de obras.

 6.3.2 Tanques de termoacumulação
Exemplo de tanque de termoacumulação
Com a crescente necessidade de economia de recursos em geral, o ramo de Termoacumulação age com eficácia no armazenamento de água gelada para sistemas de ar condicionado de grandes empresas preocupadas em evitar desperdícios.
Os tanques armazenam água gelada(Tanques de Água Gelada-TAG) gerada em horários na qual a energia oferecida é muito mais barata, trazendo retorno do investimento em curto prazo.


O Templo de Salomão possui 03 tanques de termoacumulação, dentro de 03 de suas colunas frontais, cada uma medindo 2,50 metros (m) de diâmetro e 60m de altura, com um volume total de 290 metros cúbicos (m³), (290 mil litros), cada tanque com um peso total – sem água – de 50 toneladas (50 mil quilos). Foram assentados sobre uma base de concreto armado e fixados através de chumbadores com 12 pinos de 75 milímetros (mm) de diâmetro por 2m de comprimento engastados no bloco de fundação em concreto armado, e estam embutidos nos grandes pilares estruturais frontais à direita (foto acima).


Simultaneamente à execução da obra, os tanques foram fabricados fora do canteiro para posterior montagem. Foram construídos a partir de chapas de aço carbono, com espessuras variando entre 8mm até 31,5mm, em anéis emendados e montados um sobre os outros, sendo soldados com eletrodos. Todas as emendas testadas com aparelho de ultrassom e LP (liquido penetrante), de forma a garantir sua estabilidade e estanqueidade.

Os engenheiros também se utilizam de programas de computador, que geram um ambiente virtual tridimensional, onde são modelados os projetos do Templo de Salomão. Esta metodologia permite uma análise multidisciplinar, ou seja, engenheiros e técnicos de várias áreas podem levantar possíveis problemas, que poderiam ocorrer na fase de construção, evitando assim os retrabalhos, melhorando a qualidade das instalações e evitando gastos desnecessários.

TAGs com 16m de altura, faltando ainda 44m.
6.3.3 Sistema de impermeabilização na fundação


Para tratar da ação descontrolada da água não canalizada, a solução adotada foi a utilização de uma manta de PEAD (polietileno de alta densidade) de alta resistência química e mecânica, aplicada diretamente às estruturas de fundação. Tal material é capaz de suportar pressões de água equivalente a uma coluna de água de mais de 70 metros (a altura do Templo desde a fundação). A manta é preparada com um adesivo especial que, em contato com concreto, reage e forma uma ligação tão forte que são necessários equipamentos mecânicos para retirá-la do local após sua instalação.

6.3.4 Estrutura de concreto
Mais de 120 dias já se passaram desde o fim da primeira fase da obra, em que escavações, contenções, milhares de metros cúbicos de solo e entulho foram retirados do terreno e centenas de metros quadrados de paredes de concreto (paredes diafragma) foram construídas.


Alguns dias a frente, a obra já estava quase completa no pavimento térreo – lembrando que tem dois subsolos abaixo, restando apenas alguns trechos do lado direito (de quem olha da Avenida Celso Garcia).

6.3.5 Colunas
24 horas ininterruptas de trabalho, e alguns dias depois as sete primeiras colunas do Templo de Salomão estão prontas.
Vale lembrar que estamos falando do processo estrutural, sendo ainda necessário o acabamento destas colunas, pois foram “envelopadas” com as pedras vindas de Israel, que veremos mais abaixo.

6.3.6 Escavação do do Edificio Memorial
Este edifício terá alta tecnologia aplicada, que possibilitará aos visitantes informações de forma interativa, resgatando a história desde o primeiro Templo até detalhes da concepção, elaboração e execução deste grande empreendimento.
 

6.4 ALVENARIA
A alvenaria (foto a esquerda) é um conjunto rígido e coeso constituído de blocos (cerâmicos ou de concreto) unidos entre si por argamassa (em geral areia, cimento, cal e água), que pode ser dividida em:
Alvenaria estrutural: quando tem a função de absorver e transmitir à estrutura ou ao solo todos os esforços do edifício;

Alvenaria de vedação: quando tem a finalidade de resistir ao seu próprio peso.No caso do Templo de Salomão, foi utilizada quase toda a alvenaria de vedação com blocos cerâmicos (foto direita)

6.5 COBERTURA - ESTRUTURA METÁLICA DA NAVE
As peças estruturais (tesouras) a serem manuseadas na montagem foram motivo de um grande estudo logístico muito bem resolvido e detalhado, pois o peso de cada peça é de 60 mil kg e o comprimento (vão livre) superior a 80 metros. Para se resolver a questão das instalações, esta estrutura também é composta por passarelas técnicas, que também servirá para futuras manutenções de todos os equipamentos do entreforro, além de suportar o próprio forro da Nave.




7. ACABAMENTO
7.1 PISO E REVESTIMENTO


Todo o piso do templo e o altar são revestidos com pedras trazidas de Israel. Partiram do porto de Ashod, totalizando quase 13 mil metros quadrados referentes ao modelo Taltishe. Este é o modelo aplicado nas paredes do Templo, que tem uma área de fachada de quase 19 mil metros quadrados.
Posteriormente, chegou o segundo modelo de pedra, conhecida como Matabeh. Cada uma delas mede 1.00 x 50 cm. Estas serão aplicadas sobre as colunas externas do Templo. Só para se ter uma ideia, foram necessárias quase 1.000 peças deste mesmo modelo somente para revestir um único pilar. No total, para revestir todos os pilares externos, foram necessários pouco mais de 18 mil unidades deste mesmo modelo. 

7.1.1 Piso dos sub-solos
Após execução da drenagem foi feito o preparo do solo e sua compactação. Posteriormente, o nivelamento  com aparelho de alta precisão, permitindo, assim, a impermeabilização e concretagem do piso.



7.1.2 Paredes
Inicialmente as pedras passaram por um processo de seleção e foram depositadas em um balcão (foto 02). Posteriormente foram colocadas em uma esteira passando pelo processo de impermeabilização (fotos 03, 04 e 05), então novamente separadas para secagem (foto 06), e, em seguida, preparadas para receberem um corte em sua face superior e inferior (fotos 07 e 08). Então, passaram por um novo processo de secagem e novamente embaladas com o devido endereçamento de onde foram instaladas na obra.

7.1.3 Iluminação
A iluminação do templo foi projetada com 10 mil lâmpadas de LED, e as paredes são decoradas com grandes menorás, com sistema RGB (imagem abaixo). Pode parecer pequeno, mas possui 5m de altura e 300 kilos.


A função RGB (sistema de cores) das luminárias nos permitiu também criar diferentes tipos de cenários para um mesmo ambiente. Isso irá contribuir e muito para as futuras campanhas da Igreja, nas quais o bispo poderá criar diversos tipos de ambientação.


7.1.4 Assentos
Os assentos aos 10mil visitantes do templo são poltronas, importadas de Barcelona, Espanha, e chegaram ao Brasil no final de 2013. Elas passaram por um rigoroso teste de qualidade e inspeção para verificar a conformidade técnica do produto, que foi especialmente desenvolvido para trazer comodidade e conforto aos visitantes do Templo.


7.1.5 Paisagismo
O paisagismo buscou incorporar no empreendimento espécies típicas e temáticas encontradas em Israel, para que as pessoas possam conhecer algumas das espécies relatadas na Bíblia.


As primeiras espécies plantadas na esplanada do empreendimento foram as tamareiras, porém, em todo o projeto existem particularidades que fazem referência à Terra Santa.
Logo depois das tamadeiras vieram o plantio de 12 oliveiras centenárias – espécie comumente encontrada em Israel – cujo fruto é a azeitona, de onde se extrai o azeite. Apesar de serem bem encontradas em Israel, as oliveiras foram importadas do Uruguai.









 






QUER SABER COMO FICOU?



 
1ª REUNIÃO
 
NÃO PODE PASSAR BATIDO:
1. GRANDIOSIDADE: O Templo de Salomão é 4x maior que o Santuário Nossa Senhora Aparecida.
2. SOCIAL: A construtora responsável criou um programa de alfabetização, que hoje é constante em todas as suas obras, com prazo superior a um ano. Com isso, promove a alfabetização para o máximo de colaboradores possível.
Uma das intenções do programa é que ao final, em média nove meses, dependendo do desenvolvimento de cada aluno, eles pudessem saber ler, escrever, efetuar cálculos matemáticos básicos e ter noção de conhecimentos gerais – o que, na verdade, corresponde ao 5º ano do ensino fundamental, hoje.
O curso forneceu todo o material + lanche +uniforme. Foram horas/aula/dia ao fim do expediente.
O investimento no trabalhador não parou ai.
Ocasionalmente havia a semana da saúde, onde era realizada uma avaliação geral da saúde do funcionário, como: Avaliação das condições de saúde, estilo de vida, características sociodemográficas, hábitos de vida e presença de doenças;
Aferição de pressão, peso, altura, IMC (Índice de Massa corporal) e teste de glicemia; avaliação odontológica; orientação sobre vida saudável e condições de saúde.
palavras-chave: templo de salomao edir macedo, templo de salomao tv record, reportagem domingo espetacular domingo, quanto custou a obra templo de salomao, onde fica o templo de salomao.
keywords: Temple of Solomon Macedo, Solomon's Temple record tv, spectacular stor,
Stichworte: Tempel von Solomon Macedo, Salomons Tempel Rekord tv, wie sehr es die Arbeit Tempel Salomos, der Tempel Salomos ist kosten?
ключевые слова: храм Соломона Маседо, Соломона Храм запись ТВ-антенны, сколько это стоило рабочую храм Соломона, который является храм Соломона?
,
キーワード:それはソロモンの寺院であるソロモン仕事神殿コストどのくらいソロモンMacedoの神殿、ソロモンの神殿レコードテレビ、الكلمات الرئيسية: هيكل سليمان ماسيدو، سليمان معبد سجل التلفزيون، وكم تكلف معبد عمل سليمان، والذي هو هيكل سليمان؟