Vamos montar uma horta?

Ter uma horta em casa é visto como ato de idosos. Mas não. Ter contato com as plantas, além de estar de bem com a natureza, é uma forte distração para a mente. 



Quem cultiva sua horta nem sempre é para deixar de ir a feira comprar verduras, sim por sua qualidade de vida, mais pelo senso agradável que útil.

Sabendo que faz bem a saúde e que a natureza agradece, vou ensinar aqui a você fazer parte dessa coisa linda toda.
Seja numa caixa de madeira, numa garrafa, vidro, num vaso, casca de ovo, você vai precisar de uma aula básica.

Utensílios:
1º - Terra, argila e brita. Terra preta, se possível já bem adubada. Você acha onde vende cascalhos, areia lavada, brita em atacado.
2º - Recipiente. Como disse, pode ser praticamente qualquer pote, vaso.
- Sementes ou Mudas. Sementes vendem em supermercados, mudas você descola por ai, na feira.

Mão-na-massa:

1º passo: verifique se o vaso escolhido possui furos no fundo para uma boa drenagem. Coloque um caco de telha para fazer uma casinha em cima do furo para que argila não entre e trave o dreno da água.



2º passo: coloque uma camada de argila expandida ou de pedras (britas) para cobrir o fundo do vaso e ajudar na drenagem. Isso ainda evita que a terra escape pelos furos. 
Adicione areia grossa de construção, que também ajuda no escoamento da água e previne doenças das raízes. 



Passo 3: Coloque uma camada de composto orgânico misturado com um pouco de húmus de minhoca ou esterco de vaca para melhorar a fertilidade do solo. No caso de ervas e temperos, coloque um pouco de areia, porque o solo tem de ser mais arenoso. 


4º passo: Coloque a muda, mantendo aquela terra que vem ao redor das raízes. Disponha no vaso e distribua mais composto orgânico - húmus ou esterco. Preencha todos os espaços. Deixe bem firme e encha quase até a borda. 






Ultimo passo: Regue até a água sair pelos furos na base do vaso e, se a terra assentar, adicione mais composto orgânico. Faça uma cobertura morta com folhas secas ou casca de pinus ou pedriscos. Isso ajuda a manter a umidade e evita a compactação do solo.




Lembre-se:
Água - O ideal é regar uma vez por dia, logo no início da manhã ou no fim da tarde. A terra não pode ficar totalmente seca. Se você mora em andares mais altos, irrigue mais, pois o vento resseca mais o solo. 

Plantio - Não plante muitas mudas diferentes no mesmo canteiro. Junte as que têm necessidades parecidas, como os temperos (salsinha e cebolinha; alecrim e manjericão) ou legumes (cenoura e beterraba) da mesma família. 

Adubo - O indicado é colocar a cada 40 dias. Pode ser adubo orgânico ou húmus de minhoca. Também vale lembrar: não retire as folhas secas que caem na terra - elas também servem como adubo.

Tire aqui inspirações para sua horta:
Para melhor visualização, é necessário Navegador Mozila Firefox ou Chrome.



Venha tomar um café conosco na Todimo Home Center, Sala 24, Av. Miguel Sutil, 6274 - Despraiado, Cuiabá-MT, CEP 78048-000. Tecnologia Blogger.